Bruno Macedo Nathansohn

IMG_0872Doutorando em Ciência da Informação pelo convênio PPGCI/IBICT/ECO/UFRJ; Mestre em Ciência da Informação pelo convênio PPGCI/IBICT/ECO/UFRJ; Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio); Bacharel em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Desenvolve estudos nas áreas de Ciência da Informação, com ênfase em história e políticas de informação, valorizando a informação como elemento estratégico para a segurança e para a defesa policial e militar. Interessa-se pelos seguintes temas: ética da informação; geopolítica da informação; regime global de information; estudo de usuários em mídias digitais; gestão da informação; relações entre Estado e C&T; barreiras na comunicação; poder; soberania; violência; terror na política; terrorismo; vigilância; segurança pública e internacional; crime organizado; narcotráfico; gestão pública da informação; inteligência-comando e controle policial e militar; guerra de informação; interatividade, guerra de propaganda, guerra psicológica, Guerra de 4ª Geração (4GW); Funções Tecnológicas Básicas de Combate (FTBC); Revolução em Assuntos Militares (RAM); cibernética; ciber-ameaças. O pesquisador estabelece um diálogo da CI com as Relações Internacionais. Valoriza a multi e a interdisciplinaridade, tecendo avaliações sobre ações de informação num sentido macro-político. Após o Mestrado, atuou duas vezes como bolsista DTI/CNPq no Programa de Divulgação Científica do Portal CanalCiência, do IBICT. Participa como pesquisador do fórum virtual de discussão e pesquisa da Rede Latino-Americana de Geopolítica e Estratégia (RELAGE), ligado ao Centro de Estudos em Geopolítica e Relações Internacionais (CENEGRI), em 2013. Membro do grupo de pesquisa Perspectivas Filosóficas em Informação (Perfil-i); e colaborador do núcleo de pesquisa Observatório de Gestão da Informação (OGI). Como principal trabalho na área acadêmica, destaca-se o artigo internacional publicado no periódico eletrônico International Review of Information Ethics (IRIE), coordenado pelo Prof. Dr. Rafael Capurro. Como tradutor fez a versão, para o inglês, do artigo The Philosophy of Language and Knowledge Organization in the 1930’s: Pragmatics of Wittgenstein and Ranganathan. Knowledge Organization. 41(3), 296-303, de autoria do Prof. Dr. Gustavo Saldanha (PPGCI/IBICT).

 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2646542553429292

Anúncios